OIKOS (Rio de Janeiro), Vol. 18, No 1 (2019)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

O protagonismo do Brasil na integração da Sul-americana: uma análise das relações comerciais 2000-2018

Sofía Escobar Samurio, Pedro Silva Barros, Luciano Wexell Severo

Resumo


As relações comerciais do Brasil com os países da América do Sul têm se transformado ao longo do tempo. Nos últimos 18 anos, o comércio regional do Brasil apresentou dois movimentos contrastantes. Entre 2000 e 2011, houve forte expansão das exportações e importações brasileiras com seus vizinhos. Nos últimos anos, porém, a América do Sul tem perdido importância relativa no comércio exterior brasileiro. Parte-se do diagnóstico que há elementos estruturais fundamentais para o baixo comércio intrarregional na América do Sul: a organização desfavorável das cadeias globais de valor; a infraestrutura deficiente; e a falta de instrumentos adequados para o financiamento e garantias das exportações regionais. Este artigo apresenta e avalia a dinâmica do comércio regional do Brasil desde 2000, debate seus principais determinantes, os esforços para desconstruir as assimetrias, e propõe uma agenda de pesquisa sobre o protagonismo do Brasil para a integração econômica regional da América do Sul. Trata-se de um primeiro texto de uma pesquisa de dois anos que se iniciou há cinco meses. Os eventuais resultados aqui apresentados serão mais bem debatidos e validados nos próximos meses.

Texto Completo: PDF

Apoio